ANUNCIE AQUI

Ola amigos leitores, caso queiram fazer o anuncio de sua empresa ou adquirir o livro de contos, entre em contato pelo fone- 31 88422763 ou pelo email viajandonoscontos@yahoo.com.br Este blog ja esta sendo visto em todo pais e ate mesmo no exterior, é divulgado atravéz de um banner onde tera o link do site de sua empresa. Desde ja agradeço a sua atenção e colobaração para com este blog.

Clique aqui e seja mais um seguidor

CONTOS E CRONICAS E POESIAS ESCOLHA UM E LEIA E DEIXE SEU COMENTARIO

6 de jun de 2012

OS DICIPULOS E EMAÚS ( poema)


                       OS DICIPULOS E EMAÚS


Autora: Rita Maria dos Santos



Dia da ressurreição
Uma inquietação
Dominava aquele povo
Lembrar que Jesus dizia
Em que no terceiro dia
Ressurgiria de novo.

Dois discípulos caminhavam
Juntos ali conversavam
A grande ressurreição
Apareceu num instante
Juntos a eles um viajante
Que lhe pede explicação.

Eles nem imaginavam
Que Jesus se aproximava
Como um desconhecido
E juntos continuaram
Então Jesus perguntou
O que tinha acontecido.

É como os olhos vendados
Jesus ali do teu lado
Mas como cego não viam
Que aquele jovem presente
Era cristo em suas frentes
Mas eles não percebiam.

Emaús era distante
Da santa Jerusalém
Os dois seguem comentando
A morte de um certo alguém
Jesus pergunta aos discípulos
O que falam e sobre quem.

Jesus percebe as tristezas
E também as incertezas
E pede uma explicação
Não sabe o que aconteceu
Com o profeta Galileu
Sua crucificação.

Flava da confiança
Os sonhos as esperanças
Em reinstaurar Israel
Já faz o terceiro dia
Em que ressuscitaria
Aquele homem do céu.

É verdade que as mulheres
Chegaram muito alarmadas
Dizem não achar o corpo
Ficaram preocupadas
Viram anjos no sepulcro
Mas não viram mais nada.

Gente sem inteligência
Sois tardos de coração
Não lestes nas escrituras
E suas explicações
Porque era necessário
Para glorificação.

Cristo havia de morrer
E morto crucificado
Em todas suas mensagens
Isso havia anunciado
Mas logo avista a aldeia
Onde o destino é chegado.

Jesus passando adiante
Os discípulos os convidou
Que ficassem em sua casa
E o convite aceitou
Pois era bastante tarde
Com eles ali ficou.

E dentro daquela casa
Da mesa se aproximou
E tomando ali o pão
Partindo o abençoou
Então abriram os olhos
Viram que era o senhor.

Mas quando os reconheceu
Jesus desapareceu
Deixando os impressionados
E comentavam então
Daquela grande emoção
E o coração abrasado.

Jesus junto no caminho
Ouvia pois com carinho
Tudo que eles diziam
Das escrituras falavam
E Jesus observava
As tristezas que sentiam.

Levantaram sem demora
Correram estrada a fora
Para Jerusalém voltou
Reunidos os onze estavam
Emocionados contavam
Que Jesus ressuscitou.

Contou como aconteceu
E como os reconheceu
Foi na partilha do pão
Vimos vivo e verdadeiro
Aparecendo aos primeiros
Depois também a Simão

E quando ainda falavam
Jesus lhe apresentavam
A paz esteja convosco
Assim o cumprimentava
Que espantado ficava
Agora junto dos outros.

Pensando ser um fantasma
Pois ficaram preocupados
Perguntando pelas duvidas
E estou aqui do teu lado
Vacilantes de alegria
Mesmo estando transportados.

Como Moises e nos salmos
Para que compreendessem
Escrito nas escrituras
Necessário padecesse
Depois no terceiro dia
Jesus reaparecesse.

Resurgindo após a morte
Agora muito mais forte
O filho de Deus amado
Que pregava a penitencia
O amor  a paciência
E a remissão dos pecados.

Para provar vossa fé
Vede minhas mãos e pés
Apalpai vê de que sou
Cheio de ansiedade
Reconheceu a verdade
Então Jesus perguntou.

Tendes algo a comer
Entendeu nesse momento
Que estava mesmo vivo
Após muito sofrimento
Oferece peixe assado
Pois era o único alimento.

A vista deles então
Fez a refeição
Onde acreditasse e visse
Como chamado atenção
Que se seguisse a missão
E que a lei se cumprisse.

Chamou os de testemunho
De todo acontecido
Convoca toda a nação
A qual havia vivido
Começa em Jerusalém
Mandarei o prometido.

Foi pouca sua existência
Mas grande sua clemência
No seu amor revelado
E em nosso dia a dia
Buscando paz e alegria
No Jesus ressuscitado.

Permaneceis na cidade
Sempre firme em oração
Reveste a força do alto
Lutem pela conversão
Quem seguir meus mandamentos
Eu darei a salvação.

Depois desse acontecimento
Entre morte e sofrimento
Ele mora no sacrário
Onde nos da o sustento
Jesus é a luz do mundo
Nossa paz nosso alimento.

Rita Maria dos Santos
Rua dom Silvério n. 381
    Viçosa-MG

2 comentários:

Cleide Palhare disse...

MUITO LINDO JOCIMAR ,AMEI ,SEUS CONTOS, SÃO TODOS LINDOS E EMOCIONANTES ,TOCA AO CORAÇÃO ,ADOREI PARABÉNS GATO ,SÃO TODOS APAIXONANTES,QUE DEUS CONTINUE LHE DANDO ,INTELIGENCIA PARA QUE VC VENHA CONTINUAR COM ESSE E OUTROS TRABALHOS SEUS QUE SÃO BRILHANTES E DE MUITO BOM GOSTO,GRAÇAS QUE VC SE LEMBROU DE MIM PRA FAZER PARTE DESSE PEDAÇINHO DA SUA VIDA ,OBRIGADO MEU ANJO ,VALEU MESMO ,QUE DEUS TE ABENÇÕE , ILUMINE E GUARDE ,VC É ESPECIAL,BEIJO E ABRAÇO COM TERNURA DA SUA AMIGA QUER TE AMADORA CLEIDE AP PALHARE ,LONDRINA PARANÁ

Cleide Palhare disse...

MUITO LINDO JOSIMAR ,AMEI ,SEUS CONTOS, SÃO TODOS LINDOS E EMOCIONANTES ,TOCA AO CORAÇÃO ,ADOREI PARABÉNS GATO ,SÃO TODOS APAIXONANTES,QUE DEUS CONTINUE LHE DANDO ,INTELIGENCIA PARA QUE VC VENHA CONTINUAR COM ESSE E OUTROS TRABALHOS SEUS QUE SÃO BRILHANTES E DE MUITO BOM GOSTO,GRAÇAS QUE VC SE LEMBROU DE MIM PRA FAZER PARTE DESSE PEDAÇINHO DA SUA VIDA ,OBRIGADO MEU ANJO ,VALEU MESMO ,QUE DEUS TE ABENÇÕE , ILUMINE E GUARDE ,VC É ESPECIAL,BEIJO E ABRAÇO COM TERNURA DA SUA AMIGA QUER TE AMADORA CLEIDE AP PALHARE ,LONDRINA PARANÁ